JOGO RÁPIDO

Campanha de especialistas busca mobilizar redes em favor de lockdown

Ação já resultou em mais de 33 mil assinaturas em carta aberta a chefes de Executivo e tweets sobre o assunto ultrapassam 54 mil interações

Publicado em 06/04/2021 10:37
Arquivado em curtas

Análise Lucas Gelape
Edição Sérgio Spagnuolo


Palavras: 400

Tags: Abril Pela Vida, Lockdown, Covid, Pandemia, Twitter

O Núcleo utilizou dados do Science Pulse para fazer as análises.

APOIE O NÚCLEO, PAGUE
POR ESTE CONTEÚDO

- Via PIX, é rápido e fácil
- Use o QR no app do seu banco
- Ou copie a chave aleatória
- Pague a quantia que quiser

pix para doação

Conheça nossa transparência




Lançada no dia primeiro de abril, a campanha #AbrilPelaVida têm mobilizado a comunidade de especialistas de saúde e políticas públicas no Twitter. Realizada pela ImpulsoGov, organização sem fins lucrativos que promove o uso de dados no setor público, ela defende um lockdown de três semanas, acompanhados do pagamento de auxílio emergencial, para diminuir os efeitos negativos do momento mais grave da pandemia de COVID-19 no país.

Uma análise do Núcleo encontrou 850 tweets (excluindo RTs) contendo variações da expressão “Abril Pela Vida”,  postados entre os dias 01 e 05 de abril por 574 perfis de especialistas. Eles atingiram um engajamento total de mais de 54 mil interações (soma de RTs e curtidas).

O pico se deu no sábado (3), dia em que a campanha recebeu apoio do influenciador Felipe Neto, com 34.579 retweets e curtidas em tweets postados nesse dia. A hashtag #AbrilPelaVida também esteve com frequência no grupo das 5 hashtags mais utilizadas nesse período entre os perfis monitorados pelo Science Pulse.

volume de menções no Twitter.

A ação envolve também uma carta aberta ao presidente, governadores e prefeitos, que já foi assinada por mais de 33 mil pessoas no momento de produção desta matéria. Nela, os pesquisadores detalham as propostas, que envolvem um lockdown rígido no mês de abril, com medidas como um toque de recolher noturno, suspensão de funcionamento em alguns tipos de estabelecimento; ampliação da testagem e acompanhamento de contatos; redução da superlotação de transporte coletivo.

Eles também defendem um auxílio emergencial de parcela única, para indivíduos e micro empresas, sugerindo critérios de elegibilidade.

Segundo os pesquisadores, a adoção dessas medidas poderia levar a uma diminuição de 50% da média móvel de mortos, o que implicaria em pelo menos 22 mil salvas. Elas também diminuiriam a probabilidade do surgimento de novas variantes diminuiria, além de reduzirem o impacto econômico das medidas que restringem a circulação de pessoas.


É importante porque…

  • Campanha busca sensibilizar autoridades sobre importância do lockdown

OUTRAS DO JOGO RÁPIDO


Acesse todo o arquivo >>