Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Centenas de servidores de Mastodon assinaram um pacto anti-Meta.

O QUE HOUVE? Os administradores desses servidores se comprometeram a bloquear a vindoura nova rede social da Meta, conhecida pelo codinome Projeto 92 e que provavelmente será chamada Threads.

A nova rede será compatível com o protocolo ActivityPub, o mesmo usado pelo Mastodon e outras aplicações do chamado fediverso.

Os administradores alegam que:

“O Projeto 92 é uma ameaça real e séria à saúde e longevidade do fediverso e deve ser combatido em todas as oportunidades possíveis.”

COMO É QUE É? O ActivityPub, um padrão web, funciona mais ou menos como o e-mail: servidores distintos podem “conversar” entre eles.

O bloqueio existe para proteger comunidades e tirar do debate servidores caóticos ou que não respeitam regras mínimas de convivência.

CONTEXTO. Os rumores de que a Meta lançaria uma rede social baseada no ActivityPub estão no ar há meses, desde que Elon Musk começou as barbeiragens à frente do Twitter.

O Projeto 92, apesar da compatibilidade com o Mastodon, é um ataque contra o Twitter, não contra o Mastodon/fediverso.

Supostas reuniões entre representantes da Meta e administradores de grandes instâncias de Mastodon, feitas sob um acordo de confidencialidade, parecem ter eclodido o pacto anti-Meta.

Muitos administradores desconfiam das intenções da Meta. Acham que a empresa pode dominar e arruinar o fediverso.

Duas instâncias brasileiras, bantu.social e nuvem.lgbt, assinaram o pacto.

Via @[email protected], Daring Fireball (ambos em inglês

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

MetaMastodonManual do Usuário
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.