Nas redes sociais, rigor por direitos autorais não vale para fake news. Por quê?

Histórico de processos e delimitação mais clara do que configura violação favorecem atuação mais rápida de plataformas em casos de direitos autorais

Publicado em 18/03/2021 09:28

Arquivado em direitos

Conteúdo modificado após publicação (detalhes no fim da página)

Palavras: 1457 · Leitura: 8 minutos


Rodolfo Almeida