O "ex que continua no seu útero" deixou o pessoal meio pistola e meio zueiro

A substituição da culpa cristã pela culpa neo-mística.

Receba de graça a newsletter Garimpo


Uma postagem meio esquisita lá do Instagram foi parar no Twitter com uma tese polêmica e absolutamente sem respaldo científico:

Algumas pessoas reagiram pistolaças...

(Vale lembrar que essa mentalidade da saúde física única e exclusivamente como reflexo da sua saúde mental, um conceito muito difundido por correntes neo-místicas, se estende para outras áreas também, sendo potencialmente nociva em todas elas, criando culpa ou substituindo tratamentos comprovadamente mais eficazes).

Outras pessoas só podiam rir da teoria:

Rir para não chorar.

É curioso como um dado científico pode ser "ajeitado" para dar origem às mais diversas crenças, né? Mas todos com algo em comum: atormentar as mulheres.

Ok, vamos supor por um minuto que essa ideia aí dos ex ficando de alguma forma em você fosse de fato concreta.

Ahhhh, tá.

Sei lá. Muitos questionamentos.

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca