VÍDEO: por que se importar com os #FacebookPapers?

A jornalista Juliene Moretti explora os motivos pelos quais temos que ficar atentos às revelações de Frances Haugen

Frances Haugen, uma ex-funcionária do Facebook, entrega para o governo americano e para um consórcio de imprensa uma série de documentos que mostram um pouquinho do funcionamento interno da rede e de seu impacto sobre moderação, saúde mental e desinformação.

Esse é o primeiro vídeo de três.

Nele, a jornalista Juliene Moretti conversa com Laís Martins, repórter do Núcleo, Bruna Martins dos Santos (Coalizão Direitos na Rede), Lorena Regattieri (pesquisadora da UFRJ) e Yasmin Curzi (Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da FGV Rio) para entender por que a gente precisa ficar atento com essas revelações.

No próximo, exploramos o papel do Brasil dentro desses documentos e, no último, o que a gente pode esperar para 2022, em relação ao nosso comportamento nas redes.

Essa série é uma parceria entre o canal Além Disso com o Núcleo.

A cobertura brasileira do Facebook Papers
Tudo o que foi publicado por veículos nacionais que tiveram acesso aos documentos


Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca