Facebook destinará US$ 50 milhões para seu “metaverso” — seja lá o que for isso

Valor será gasto em dois anos e representa 0,03% da receita do Facebook em 2019 e 2020

O Facebook anunciou um fundo de US$ 50 milhões para investir em iniciativas do “metaverso”. O dinheiro será gasto ao longo de dois anos em “programas e pesquisa externa para nos ajudar nesse esforço”. Esse valor representa 0,03% da receita do Facebook nos anos de 2019 e 2020 somados.

No anúncio, assinado por Andrew Bosworth, vice-presidente do laboratório de realidades do Facebook, e Nick Clegg, vice-presidente de assuntos globais, mais uma vez o Facebook tenta explicar o que é esse tal de metaverso:

“Um conjunto de espaços virtuais onde você pode criar e explorar com outras pessoas que não estão no mesmo espaço físico que você”.

E também o que ele não é:

“[…] não é um produto único que uma empresa possa criar sozinha. Assim como a internet, o metaverso existe esteja o Facebook lá ou não.”

Por que o Facebook deveria estar envolvido ou liderando isso é uma pergunta que fica no ar.

Andrew e Nick ainda dizem que o Facebook está criando o metaverso “com responsabilidade”, o que, a julgar pelo histórico desastroso da empresa neste universo, é uma afirmação no mínimo difícil de confiar neste momento.

[Opinião do autor]: Alguém mais cínico poderia dizer que toda essa história de metaverso é mero diversionismo para tirar o foco dos escândalos em série em que o Facebook está envolvido desde 2016 e aliviar a pressão em Mark Zuckerberg e Sheryl Sandberg. Talvez seja isso mesmo – se for e der certo, vai sair barato.

Via Facebook (em inglês).


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca