Papa Francisco pede que Big Tech pare de explorar nossas fragilidades por lucro

Em fio no Twitter, o papa disparou contra vários grupos poderosos

O papa Francisco tirou o sábado (16.out) para pedir que grandes grupos econômicos e pessoas de poder tenham mais consciência sobre seus poderes.

Antes do fio no Twitter (que não foi publicado como um fio), Francisco cutucou o capitalismo sem dar nome aos bois dizendo que “devemos dar aos nossos modelos socioeconômicos um rosto humano, porque muitos modelos o perderam”, e pediu, entre outras coisas, “aos gigantes da tecnologia, que parem de explorar a fragilidade humana, as vulnerabilidades das pessoas, para obter lucros”. Amém!

Mas não foram apenas os ouvidos das big techs que doeram. Sobrou também para:


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca