Criador do termo “metaverso” diz não ter nada a ver com o metaverso do Facebook

Pelo Twitter, Neal Stephenson disse que não há qualquer colaboração com o Facebook.

Em 1992, Neal Stephenson cunhou o termo “metaverso” em seu romance Snow Crash. Quase três décadas depois, a palavra virou a nova obsessão do Facebook, o que obrigou o escritor a se posicionar.

No Twitter, Neal escreveu:

“Uma vez que parece haver uma confusão crescente acerca disso: eu não tenho nada a ver com o que quer que o FB [Facebook] esteja fazendo relacionado ao Metaverso, além do fato óbvio de que eles estão usando um termo que eu cunhei em Snow Crash. Não houve qualquer comunicação entre mim e o FB e nenhuma relação comercial.”

O metaverso de Snow Crash é um ambiente viciante, violento, que libera os piores impulsos das pessoas, mas ao mesmo tempo é um entretenimento barato e a base da economia de um país devastado pela pobreza e violência, controlado por empresas. Tipo o filme "Ready Player One", de Steven Spilberg.

Não é à toa que o Facebook não procurou Neal para promover o seu metaverso.

Via @nealstephenson/Twitter (em inglês).



Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca