Facebook e Instagram deixam de aceitar anúncios sensíveis

Campanhas direcionadas sobre saúde, raça, política e orientação sexual só poderão rodar até 27 de março.

A partir desta quarta (19.jan), anunciantes do Facebook e do Instagram não poderão mais direcionar anúncios com base em categorias “relacionadas a tópicos que as pessoas possam considerar sensíveis”, como saúde, raça ou etnia, filiação política, religião ou orientação sexual.

Campanhas que já estão rodando poderão continuar no ar até 27 de março.

O Facebook/Meta também removeu categorias pouco usadas, redundantes ou muito granulares, sem especificar quais.

Via Search Engine Land (em inglês), Meta para Negócios.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca