Twitter fiscaliza ativamente desinformação sobre Ucrânia

Plataforma anunciou uma série de medidas acerca do conflito

O Twitter informou na noite de sexta-feira (25.fev) estar ativamente monitorando tweets sobre o conflito armado na Ucrânia, a fim de detectar uso indevido de sua plataforma para propagar desinformação.

Essa semana, forças da Rússia adentraram o país vizinho, na primeira invasão de grande escala em um país Europeu desde a Segunda Guerra Mundial.

Em uma série de tweets, a plataforma listou algumas de suas ações sobre o conflito. Veja abaixo os principais:

  • A plataforma disse estar de olho em perfis de alta visibilidade – como de jornalistas, ativistas, autoridades e agências de governos – para mitigar tentativas de invasão ou manipulação;
  • Tem promovido veiculação de contexto acerca da crise, incluindo conteúdo em suas ferramentas Momentos e Eventos;
  • Para usuários de Rússia e Ucrânia foram suspensas algumas recomendações de tweets para pessoas que não acompanham a timeline principal, com a finalidade de reduzir o acesso a conteúdo abusivo;
  • O Twitter temporariamente suspendeu anúncios na Ucrânia e na Rússia;

Veja aqui o fio do anúncio do Twitter (em inglês e em russo).



Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca