Uber dá mais detalhes das corridas a motoristas, mas novidade desagrada

Eles poderão saber de antemão detalhes como o valor da corrida, mas veem isso como piora nos ganhos

A partir de agora, os motoristas da Uber terão mais informações de antemão para ajudá-los na decisão de aceitar ou não uma corrida.

A novidade, que já vinha sendo testada em algumas cidades, foi expandida nesta terça (5.abr) para “municípios de médio e grande porte de todas as regiões do país, inclusive São Paulo, Brasília e outras capitais”.

O QUE MUDA? O novo cartão de oferta, como é chamada a tela de aceite/recusa de corridas no app do motorista, está mais detalhada.

No novo modelo, o cartão de oferta passa a exibir o valor da corrida e o adicional de tarifa dinâmica, quando ela estiver vigente, e os endereços exatos de partida e chegada.

Dois prints do aplicativo da Uber para motoristas, mostrando o antes e o depois do cartão de oferta.
Imagem: Uber/Divulgação.

E OS VALORES, MUDAM? Segundo a Uber, sim: “No modelo anterior, os ganhos do motorista parceiro eram calculados apenas com base em valores fixos de tempo e distância da viagem, e o cartão de oferta mostrava somente uma estimativa do percurso até o ponto de encontro do usuário.”

“No novo modelo, para que o motorista saiba exatamente o quanto vai ganhar por uma viagem antes de aceitá-la, o cálculo de ganhos deixa de ser fixo e passa a incluir mais variáveis além de tempo e distância, como o trajeto até o passageiro, o horário do dia e o perfil da viagem.”

Isso significa, também, que o ganho do motorista fica condicionado a “mudanças significativas” em relação ao pedido original, como um tempo maior de viagem, da mesma forma que os valores às vezes se alteram para os passageiros.

FICOU MELHOR? A Uber afirma que o novo cartão de oferta atende a uma demanda de longa data dos motoristas, que é saber, antes de aceitar uma corrida, o destino dela.

Só que, apesar dessa boa novidade, o anúncio da Uber não agradou a categoria. Em São Paulo, segundo o G1, muitos motoristas reclamam que o valor fixo causou uma redução significativa em seus ganhos. A Uber nega ter alterado taxas e o funcionamento da tarifa dinâmica.

No Rio, o Sindicato dos Prestadores de Serviço por Aplicativo do Rio (Sindmobi) elogiou o fato de agora a Uber mostrar o destino das corridas aos motoristas antes deles aceitarem a corrida, mas criticou valores, segundo o Extra.

“O que tem acontecido é que os valores das corridas para os passageiros aumentou, mas o ganho dos motoristas não foi reajustado. Enquanto não houver reajuste das corridas, o número de cancelamentos ainda vai continuar acontecendo, infelizmente”, disse Luiz Corrêa, presidente do Sindmobi.

E PARA OS PASSAGEIROS? No comunicado à imprensa, a Uber diz que nada muda para os passageiros.

Já os motoristas entrevistados pela reportagem do G1 afirmam que os cancelamentos podem aumentar, principalmente nas corridas curtas/de valor menor.

“O público vai sentir. Vão acabar cancelando ainda mais”, disse o motorista Kleber Marcos de Souza.

Via Uber, G1, Extra.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca