Ao assumir TSE, Moraes diz que será "célere e implacável" contra fake news

Ministro ainda reafirmou diferença entre liberdade de expressão e "liberdade de agressão".

Ao tomar posse do Tribunal Superior Eleitoral na noite de terça-feira (16.ago), o ministro Alexandre de Moraes disse que fará "intervenções mínimas", mas prometeu agir de maneira “célere, firme e implacável no sentido de coibir práticas abusivas ou divulgações de notícias falsas ou fraudulentas". E destacou ainda os que se escondem "no covarde anonimato das redes sociais".

Moraes, que será o presidente do TSE durante o pleito de outubro, reafirmou que há uma diferença entre liberdade de expressão e "liberdade de agressão" e que não irá tolerar agressões, difusão massiva de notícias falsas ou ataques contra o Estado Democrático de Direito.

No Supremo Tribunal Federal, Moraes é o relator de ações que tratam da disseminação de fake news e ataques anti-democráticos nas redes sociais, como o inquérito das milícias digitais, iniciado em julho de 2021, e o inquérito das fake news, aberto em março de 2019.

Por esses inquéritos, Moraes tem proximidade ao tema das redes sociais. Ele também foi o magistrado que determinou o bloqueio do Telegram em 18.mar.2022 devido ao descumprimento de medidas de judiciais pelo app de mensageria, inclusive a de manter o blogueiro de extrema-direita Allan dos Santos banido.

Ministro do STF determina bloqueio do Telegram
Decisão determina suspensão total do Telegram no Brasil e condiciona o fim do bloqueio ao cumprimento de medidas judiciais
Texto Laís Martins
Edição Samira Menezes

Faça parte da conversa

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca