Conspiração sobre atentado permeia canais bolsonaristas no Telegram

Monitoramento do Núcleo em +200 grupos bolsonaristas no Telegram registrou 943 mil visualizações mensuráveis e 284 mensagens em menos de 6 horas #NúcleoNasEleições

Um tiroteio em Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, próximo ao local que o canditato ao governo do estado Tarcísio de Freitas (Republicanos) fazia uma visita, nesta segunda-feira (17.out) por volta do meio-dia, causou uma onda de conspirações nos canais bolsonaristas no Telegram.

Monitoramento do Núcleo em +200 grupos bolsonaristas na plataforma registrou 943 mil visualizações mensuráveis (é possível medir alcance de mensagens em canais, mas não em grupos) e 284 mensagens em menos de 6 horas que mencionavam que o candidato teria sofrido um atentado.

Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, o próprio Tarcísio afirmou que não sofreu um atentado político.

No entanto, logo após o tiroteio, Tarcísio postou em sua conta do Twitter que havia sofrido um "ataque".

O post sobre o assunto nas redes do candidato ficou entre os três mais populares do dia, segundo o monitoramento do Political Pulse BR, ferramenta de monitoramento das redes sociais de políticos do Núcleo.

Mensagem do coordenador de comunicação da campanha de Jair Bolsonaro (PL) à reeleição, Fábio Wajngarten, falando em "atentado ao Tarcísio" foi replicada nos grupos de direita no Telegram.

O ministro das Comunicações, Fabio Faria (PP), postou sobre uma "luta do bem contra o mal" e "revolta dos criminosos" com o presidente. Tarcísio é o candidato apoiado por Bolsonaro em São Paulo.  O tweet foi deletado, mas registrado pelo Political Pulse BR.

Monitoramento Núcleo Jornalismo

Suspeitas. De acordo com reportagem do UOL, policiais que atuam no setor de inteligência da corporação e oficiais com experiência de atuação em Paraisópolis, possuem duas suspeitas sobre o início do tiroteio.

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, general João Camilo Pires de Campos, afirmou que "é prematura a conclusão de que se tratou de um atentado à campanha de Tarcísio de Freitas".

Um homem que estava em uma moto na região foi morto.

Edição Sérgio Spagnuolo

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca