Google e Facebook faturaram mais de R$270 mi com as eleições

Facebook amealhou mais de R$186 mi, enquanto o Google recebeu R$85 mi #NúcleoNasEleições

Google e Facebook faturaram, juntos, pelo menos R$270 milhões com impulsionamentos e anúncios comprados por candidatos nas eleições de 2022.

De acordo com dados do TSE agregados pelo Observatório de Impulsionamento Eleitoral, o Facebook amealhou mais de R$186 milhões, enquanto o Google recebeu mais de R$85 milhões, considerando gastos tanto no primeiro quanto no segundo turno.

O montante que essas empresas ganharam, no entanto, pode ser ainda maior, já que muitos gastos de candidatos não descrevem as redes sociais nas quais o impulsionamento foi comprado.

Veja abaixo o balanço.

REDES

rede valor (milhões R$)
Facebook 186,4
Google 85,3
Instagram 3,3
YouTube 2,1

PRESIDENCIÁVEIS

No total, os presidenciáveis gastaram mais de R$30 milhões diretamente com redes sociais.

candidato valor (milhões R$)
Lula (PT) 11,7
Bolsonaro (PL) 9,7
Ciro Gomes (PDT) 4,8
Simone Tebet (MDB) 3,4
Soraya Thronicke (UB) 0,5
Outros* 0,4

* Léo Péricles (UP), Padre Kelmon (PTB), Vera Lúcia (PSTU), Pablo Marçal (PROS), Felipe D'ávila (NOVO), Eymael (DC)

POR PARTIDO (top 10)

partido valor (milhões R$)
PL 41
PT 37,1
União Brasil 34,7
MDB 21,3
PSD 20
PDT 19,7
PSDB 19,4
PP 18,4
Republicanos 14,2
PSB 14

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca