TikTok lançará e-commerce no Brasil em 2023, diz site

Uma fonte interna da empresa e vagas de emprego no LinkedIn reforçam a previsão.

O TikTok se prepara para entrar em novo ramo no Brasil: o e-commerce.

O QUE HOUVE? Uma fonte do site de negócios Neofeed afirma que a rede social da Bytedance deve estrear um canal de vendas na plataforma no primeiro trimestre de 2023.

Há indícios que suportam a previsão, como as cerca de 15 vagas que o TikTok tem abertas no LinkedIn para posições relacionadas a comércio eletrônico.

COMO SERÁ? Segundo a fonte do Neofeed, o TikTok tentará replicar no Brasil a estratégia usada na China, baseada em “lives” para vendas feitas em parceria com lojistas brasileiros e chineses.

Um cuidado que a Bytedance estaria tendo é com a logística, tida pelos executivos como vital para fazer uma grande estreia.

Para atrair vendedores, especula-se que a taxa (“take rate”) cobrada pela Bytedance será baixa num primeiro momento, entre 1% e 5%.

CONTEXTO. Se esse movimento se confirmar, o TikTok entrará em rota de colisão com gigantes varejistas como Amazon, Mercado Livre e Magazine Luiza.

O comércio eletrônico é uma alternativa ao modelo de negócio vigente no TikTok hoje, o de publicidade — similar ao de outras redes sociais ocidentais.

O TikTok já tem e-commerce em alguns mercados, como Reino Unido e Indonésia, e há meses ensaia uma estreia nos Estados Unidos.

Segundo o Semafor, o braço de e-commerce do TikTok começou a funcionar discretamente no início de novembro nos EUA, com convites feitos diretamente a parceiros comerciais.

Via Neofeed, Semafor (em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca