Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O Jornal da Cidade Online, veículo de comunicação conhecido por promover o bolsonarismo, escondeu todas as publicações mais recentes em seu canal no YouTube na segunda-feira (9.jan.2023).

Um monitoramento da Novelo Data identificou que o site tirou de sua lista todas as suas postagens dos últimos cinco anos no YouTube ainda na tarde de segunda-feira. O único vídeo à mostra no canal é de uma live realizada na noite do mesmo dia.

[CORREÇÃO: ao contrário do que anteriormente dizia a nota, os vídeos não foram efetivamente apagados, e sim foram transformados em "não-listados", ou seja, removidos de páginas e da indexação do YouTube, mas continuam no ar.]

Reprodução de tela do canal do Jornal da Cidade Online no Youtube

O canal atualmente possui 776 mil inscritos e mais de 1,7 mil vídeos.

Na tarde mesma tarde, o Ministério Público Federal (MPF) de São Paulo anunciou a instauração de um inquérito para investigar a conduta da emissora Jovem Pan na disseminação de desinformação sobre as instituições e com potencial de incitação de atos antidemocráticos em 8.jan.

BANIDO. Na manhã de 10.jan, a Novelo Data detectou que os canais do youtuber bolsonarista Genival Fagundes, candidato a deputado federal pelo partido do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em Goiás nas últimas eleições, foram removidos.

Ao tentar acessar os canais "@genivalfagundes", com 77,1 mil inscritos e 1,4 mil vídeos, e "POLÍTICA SEM CURVA! Genival Fagundes", com 31,7 mil inscritos e 1,3 mil vídeos, o YouTube avisa: "Página indisponível. Lamentamos o transtorno.".

Segundo reportagem do site "Marco Zero", Fagundes participou do ato e seu canal Política Sem Curva fez uma live de 5 horas e 25 minutos do ataque golpista no domingo.


Texto atualizado às 12h48 de 10.jan.2023 para corrigir informação: os vídeos não foram efetivamente apagados, e sim transformados em "não-listados" (unlisted), ou seja, removidos de páginas e da indexação do YouTube, mas continuam no ar.

YouTubePolítica
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.