YouTube começará a dividir receita de anúncios dos Shorts em fevereiro

Criadores de conteúdo elegíveis precisam aceitar novos termos de uso para receberem.

O YouTube avisou que começará a dividir receita de publicidade nos Shorts com os criadores de conteúdo a partir de 1º de fevereiro.

COMO ASSIM? Em uma página da ajuda do YouTube, a plataforma explica que os criadores terão que aceitar novos termos de uso para serem elegíveis à receita de publicidade dos Shorts.

Eles têm até 10 de julho de 2023 para aceitarem os novos termos.

A nova monetização de Shorts substitui o fundo de recomendação do Shorts, um programa em que o Google/YouTube pagava criadores para que produzissem vídeos curtos virais.

Em nota ao TechCrunch, a empresa disse que espera que os criadores ganhem mais com a divisão de receita publicitária do que ganhavam com o fundo.

FUNCIONAMENTO. Pela sua natureza (são vídeos curtos), o YouTube veicula anúncios em vídeo entre os Shorts.

Há toda uma matemática para definir quanto o criador de conteúdo recebe no fim do mês, com o valor total integrando um novo fundo e, depois dos cálculos, sendo distribuído de acordo com o desempenho dos vídeos.

Além do desempenho, outros critérios, como o uso de músicas licenciadas e qualificação de Shorts — nem todos contam para a geração de receita —, são levados em conta.

Um exemplo de vídeo que não gera receita são os “Shorts que não sejam originais”: vídeos não editados de programas de TVs ou reenvios de vídeos de outros criadores ou de plataformas, mesmo que sejam compilados.

Aqueles reposts do TikTok não gerarão um centavo no YouTube.

De qualquer forma, a fatia que cabe ao criador de conteúdo é de 45% da receita elegível gerada pelo seu canal com os Shorts.

Via YouTube, TechCrunch (em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca