Twitter perdeu mais de 500 anunciantes com Musk, diz site

Informação teria sido passada por gerente do Twitter aos funcionários, segundo o site The Information.

Uma fonte interna do Twitter disse ao site The Information que o êxodo de anunciantes segue forte na plataforma.

O QUE HOUVE? De acordo com a fonte, mais de 500 anunciantes do Twitter suspenderam a compra de anúncios na plataforma desde que Elon Musk assumiu a empresa, no final de outubro de 2022.

A informação teria sido passada pelo gerente Siddharth Rao aos funcionários da empresa.

Ela disse, ainda, que a receita diária do Twitter está 40% menor na comparação com o mesmo período de um ano atrás, quando o Twitter ainda era uma empresa de capital aberto.

CONTEXTO. A fuga dos anunciantes decorre de decisões mal pensadas ou puramente ruins de Musk, como demitir mais de 75% dos funcionários do Twitter e afrouxar os mecanismos de moderação.

Musk aposta em outras frentes para gerar receita, como cobrar assinaturas em troca de selos de verificação.

Há poucos dias, o New York Times revelou que o executivo cogitou “leiloar” nomes de usuários — da mesma forma que o Telegram faz.

Especula-se que a primeira parcela dos juros devidos por Musk a bancos que emprestaram dinheiro para ele comprar o Twitter, uma dívida de US$ 13 bilhões, esteja para vencer ainda em janeiro.

Via The Information, Reuters, New York Times e Ars Technica (todos em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca