Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Usuários europeus que enviaram pedidos formais ao Twitter para terem seus dados excluídos afirmam receber mensagens genéricas, orientações para deletarem suas contas ou nenhum retorno, o que contraria a lei de proteção de dados europeia, informou uma reportagem da Wired.

A legislação europeia dá o direito a todos de solicitarem o histórico de seus dados e requisitar que eles sejam excluídos, salvo algumas poucas exceções. Se um pedido formal é feito com base nessa lei, a empresa é obrigada a responder. Caso a solicitação seja negada, a empresa deve detalhar o motivo.

O Twitter não tem um departamento de comunicação específico desde nov.2022, após Elon Musk cortar mais da metade dos funcionários. No Brasil, a empresa não tem mais assessoria de imprensa.

COMPLICADO. Segundo a Wired, aqueles que enviaram pedidos formais ao Twitter receberam respostas genéricas com trechos da política de privacidade ou nem tiveram retorno.

Em um caso, um usuário foi instruído a apagar sua conta se quisesse todas as suas mensagens diretas excluídas do sistema. No entanto, nem mesmo a política de privacidade do Twitter esclarece se a tática de fato exclui totalmente os dados ou apenas não os disponibiliza para a equipe interna.

A Wired afirma que agências reguladoras e de proteção de dados estão investigando denúncias semelhantes.

Edição Sérgio Spagnuolo
Twitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.