Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A França anunciou nesta sexta-feira (24.mar.2023) que está proibindo, em caráter imediato, que celulares funcionais do governo tenham "aplicativos recreativos", como TikTok, Twitter, Netflix e o jogo CandyCrush.

O governo ainda não elaborou uma lista definitiva de quais aplicativos estariam banidos, segundo o jornal francês Le Monde. Entretanto, em entrevista, Stanislas Guerini, ministro da Administração Pública, deu como exemplo o TikTok, Twitter, a Netflix e até o Candy Crush.

Segundo Guerini, o governo determinou que esses aplicativos de “recreação” apresentam um enorme risco para a cibersegurança e a proteção de dados sensíveis de funcionários públicos, além do governo em si. Tudo isso após uma análise da Agência Nacional de Segurança dos Sistemas de Informação (Anssi) e do Departamento Digital Interministerial (Dinum).

SACA SÓ: O site POLITICO reportou na quarta-feira (22.mar) que congressistas franceses estariam “recomendando” que seus colegas limitassem o uso de várias redes por preocupações envolvendo espionagem e cibersegurança.

Os parlamentares também recomendaram que colegas usassem softwares e programas franceses para desenvolvimento de projetos, por receio de vigilância chinesas e americana.

Segundo a reportagem, eles argumentaram que “os dados pessoais coletados por meio das plataformas — incluindo contatos, fotos, vídeos e documentos profissionais e pessoais — podem ser usados ​​por serviços de inteligência estrangeiros”.

Texto Sofia Schurig
Edição Laís Martins
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.