Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Carla Zambelli justificou a contratação de um hacker com extensa ficha criminal como apenas um serviço para integrar seu site com suas redes sociais – uma tarefa que pode ser feita por apenas R$12 por mês em sites populares de automação online.

DESCULPINHA. "O que eu tinha subcontratado através dele foi o pedido de uma ligação das redes sociais minhas com meu site", disse ela em coletiva de imprensa. Pelo menos R$13,5 mil foram pagos a Walter Delgatti por assessores de Zambelli, segundo a Polícia Federal.

IF THIS, THEN STF. A deputada e sua equipe certamente parecem desconhecer a existência de serviços como IFTTT, Zapier e N8N, com os quais é possível fazer integrações entre sites e redes sociais a valores muito baratos ou até de graça.

DIFICULDADE. Qualquer pessoa com um cartão de crédito e o mínimo de conhecimento de clicar em botões em sites consegue utilizar essas ferramentas.

CONTEXTO. Delgatti é conhecido como o Hacker da Vaza Jato ou Hacker de Araraquara, após ter sido condenado por invadir as contas de Telegram de autoridades federais da Operação Lava Jato.

Ambos foram alvo de uma operação da PF na quarta-feira (3.ago.2023) por alegada conspiração para hackear urnas eletrônicas e órgãos do Judiciário.

A deputada Carla Zambelli postou foto de encontro com Walter Delgatti — Foto: Reprodução/Twitter
Reprodução Twitter/Obtida via G1
IFTTT
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.