Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Essas semana foi repleta de novidades e anúncios no Twitter (que agora se chama X). Na quinta-feira (31.ago.2023), a empresa de Elon Musk:

  • lançou um recurso que permite a assinantes pagos ocultar suas curtidas;
  • anunciou chamadas de áudio e vídeo para todos os usuários;
  • atualizou sua política de privacidade para incluir a coleta de novos dados (incluindo informações biométricas de assinantes).

CURTIDAS. As “curtidas” no perfil ficarão visíveis apenas para o usuário, com a timeline de curtidas oculta no Twitter/X (embora as curtidas individuais permaneçam visíveis nas postagens).

Vale mencionar que Threads e Bluesky também têm essa funcionalidade.

CHAMADAS. Elon Musk também anunciou, sem dar uma data de lançamento, que todos os usuários poderão realizar chamadas de áudio e vídeo diretamente pela plataforma, sem a necessidade de compartilhar o número de telefone.

Musk disse que, inicialmente, as chamadas não serão criptografadas, mas os usuários terão a opção de ativá-la ou desativá-la.

NOVOS DADOS COLETADOS. A plataforma também vai atualizar sua política de privacidade, que passará a incluir a coleta de dados biométricos e informações relacionadas a histórico de trabalho e educação dos usuários.

  • A política anterior, vigente até 29.set, não mencionava a coleta de dados biométricos nem referências a histórico de emprego e educação;
  • Apenas assinantes terão dados biométricos coletados, que serão extraídos do RG e da imagem do documento. A empresa diz que isso ajudará a combater falsificação de identidade e o spam.

Sobre os dados envolvendo trabalho e educação, o texto sugere que as informações serão coletadas quando um usuário se candidatar a uma vaga por meio do “Twitter Hiring”, que possibilita que organizações verificadas na plataforma publiquem anúncios de emprego em seus perfis.

VALE SABER. Em 11.jul, uma ação coletiva foi protocolada contra o Twitter/X, alegando que a empresa utilizou indevidamente dados biométricos de residentes de Illinois, nos Estados Unidos, ao coletar identificadores de selfies publicadas na rede social.

Twitter está naufragando e (ainda) não há lugar para correr
Para quem realmente acompanha o assunto, não há muita dúvida de que Elon Musk está afundando o Twitter

Via Bloomberg (1) (2) e Techcrunch (todos em inglês)

Texto Sofia Schurig
Edição Sérgio Spagnuolo
Twitter/XBlueskyTikTokThreads
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.