Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A Meta usou posts públicos do Facebook e Instagram para treinar seu chatbot de inteligência artificial (IA) gerativa.

COMO ASSIM? A confirmação foi dada por Nick Clegg, presidente de assuntos globais da Meta, em entrevista à agência Reuters.

O executivo afirmou que a Meta excluiu posts com privacidade limitada a amigos e parentes e conversas privadas do conjunto de dados usado para o treinamento.

Além disso, a Meta teria feito esforços para remover dados pessoais de conjuntos de dados externos, também usados no treinamento.

Clegg disse que “a vasta maioria” dos dados usados para treinar a IA estavam disponíveis publicamente.

CONTEXTO. Na última quarta-feira (27.set), a Meta apresentou seu chatbot de IA gerativa, nos moldes do ChatGPT: o Meta AI.

O Meta AI é acessado pelos aplicativos de mensagens da empresa — Instagram, Messenger e WhatsApp. Ele também podem ser invocado em conversas em grupo.

A empresa também convocou celebridades para darem rostos a “personas” baseadas na IA, como Tom Brady, Snoop Dogg e Paris Hilton.

JUSTIÇA. Clegg também comentou o cuidado da Meta para quem o Meta AI não gerar conteúdo problemático, como imagens protegidas por direitos autorais.

Apesar disso, ele prevê que muitas disputas chegarão às cortes e serão decididas pela Justiça.

Via Reuters (em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

MetaFacebookInstagramManual do Usuário
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.