Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia cedeu o uso do seu sistema de inteligência artificial, chamado de Janus, para o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

Baseado na plataforma Sinapses, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Janus foi lançado em 2021 com o objetivo ajudar na prestação de contas eleitorais.

Em 2022 ele também foi usado para ajudar no registro de candidaturas no TRE-BA.

Autoridade do Reino Unido estabelece sete princípios para regular IA
A entidade alerta que comportamentos anticoncorrenciais no setor de IA podem resultar no domínio de poucas empresas no mercado, levando a produtos e serviços de baixa qualidade e preços elevados.

EXPANSÃO. A cessão de uso para o TRE da Paraíba não é novidade. Desde que foi implementado, o Janus foi cedido a outros tribunais.

De 2021 para 2022 houve um aumento de 171% no número de projetos de inteligência artificial no Judiciário brasileiro.

Texto Leonardo Coelho
Edição Sérgio Spagnuolo

selo do legislatech

Legislatech
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.