Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A busca do match perfeito no Tinder acaba de virar um trabalho colaborativo.

COMO ASSIM? Nesta segunda (23.out), foi lançado o Tinder Matchmaker. O novo recurso, segundo a empresa:

“[…] permite que amigos e familiares acessem o Tinder de forma assíncrona para recomendar perfis para um usuário.”

COMO FUNCIONA? Não é bagunça, não. A pessoa solteira pode convidar mesmo quem não tem um perfil ou conta no Tinder para ajudar.

As regras são as seguintes:

  • Os convites para o Tinder Matchmaker podem ser enviados a partir do perfil ou nas configurações do app;
  • A pessoa que usa o Tinder pode convidar até 15 amigos a cada 24 horas;
  • Nesse intervalo, os convidados podem navegar pelos perfis dos(as) pretendentes e curtir os que acha que tem a ver com o amigo que fez o convite. Importante: os cupidos de ocasião não conseguem enviar mensagens ou interagir com outros perfis;
  • Ao final das 24 horas, a pessoa que fez o convite poderá revisar os perfis que seus amigos revisaram. Os que receberam uma curtida terão um selo de recomendado.

A decisão final — o arrastar para a direita — é da pessoa que convidou os amigos para ajudarem na busca.

Quatro prints do Tinder mostrando o passo a passo do Tinder Matchmaker.
Imagem: Tinder/Divulgação.

CONTEXTO. O Tinder justifica o novo recurso com base em uma pesquisa encomendada, feita com 2,5 mil britânicos, norte-americanos e australianos.

Ela descobriu 75% dos entrevistados debatem suas vidas amorosas com amigos várias vezes por mês.

ONDE? QUANDO? O Tinder Matchmaker foi liberado em 15 países — incluindo o Brasil.

Nos próximos meses, o recurso será estendido a todos os mercados onde o Tinder está presente.

Via Tinder (em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

TinderManual do Usuário
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.