Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O X (antigo Twitter) anunciou uma mudança em seu programa de divisão de receita com criadores de conteúdo.

A partir de agora, posts que forem corrigidos pelas Notas da Comunidade, o sistema de checagem de fatos colaborativo da plataforma, serão desmonetizados.

COMO ASSIM? Segundo Elon Musk, dono do X, “a ideia é maximizar o incentivo à precisão sobre o sensacionalismo”.

As Notas da Comunidade são uma espécie de checagem de fatos feita pelos próprios usuários.

Quando uma nota é adicionada a um post, corrigindo-o ou complementando a informação, outros participantes do sistema avaliam sua utilidade.

Se a nota alcançar um número mínimo de avaliações positivas, ela passa a acompanhar o post no X.

OK, MAS… As Notas da Comunidade foram apontadas por Musk e Linda Yaccarino, CEO do X, como um recurso contra o tsunami de desinformação relacionada ao conflito entre Israel e o Hamas.

O programa, porém, tem se mostrado insuficiente.

Uma análise independente feita com dados dos 5 primeiros dias do conflito constatou que apenas ~10% das notas propostas foram aprovadas pelo sistema de Notas da Comunidade.

Além disso, pela natureza das Notas da Comunidade, alguns posts mentirosos passaram dias sem uma nota anexada até que ela alcançasse o volume mínimo de aprovações para ser exibida.

Outro estudo, da startup NewsGuard, descobriu que usuários pagantes do X Premium, um pré-requisito para participar do programa de divisão de receita, publicaram 74% dos posts falsos ou não comprovados mais virais do X relacionados à guerra no Oriente Médio.

Via @elonmusk/X, TechCrunch (ambos em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

Twitter/XManual do Usuário
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.