Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

ChatGPT, DALL-E e outros produtos da OpenAI agora estão proibidos de utilizar as ferramentas da empresa para criar deepfakes de candidatos ou funcionários públicos locais. Essa medida faz parte da estratégia global da empresa para lidar com as eleições de 2024, que ocorrerão em mais de 50 países.

Usuários também não poderão utilizar as ferramentas da OpenAI para produzir materiais de campanha ou lobby, tampouco para desencorajar a votação ou deturpar o processo eleitoral. Outras estratégias e políticas serão divulgadas nos próximos meses.

CHATGPT. No blog de comunidade, a empresa afirmou que está constantemente atualizando a base de dados do ChatGPT com relatórios de notícias de todo o mundo.

Parte desses relatórios resulta de um acordo de 2023 com a empresa multimídia alemã Axel Springer, que fornece aos usuários do chatbot resumos de notícias globais de fontes confiáveis selecionadas pela empresa.

DALL-E. Para o DALL-E, a OpenAI integrará as credenciais digitais da Coalition for Content Provenance and Authenticity (C2PA) em imagens geradas pela ferramenta no início deste ano, embora sem uma data exata.

Esse sistema codifica a procedência das imagens, facilitando significativamente a identificação de criações artificiais sem a necessidade de busca manual por detalhes. A Microsoft, Amazon, Adobe e Getty Images também colaboram com a C2PA.

MILITARES. Na semana passada, a empresa fez uma modificação discreta em suas políticas, removendo trechos que anteriormente proibiam expressamente o uso de sua tecnologia para fins militares. A notícia foi dada pelo The Intercept.

RESTO DO MUNDO. Até agora, além das proibições e alterações gerais em sua política de uso, a OpenAI não detalhou seus planos para fiscalizar o uso de suas ferramentas em países além dos Estados Unidos.

Lá, a OpenAI estabeleceu uma parceria com a National Association of Secretaries of State (NASS), uma organização profissional apartidária para funcionários públicos. O post no blog menciona que os resultados dessa parceria “orientarão nossa abordagem em outros países e regiões”.

Via OpenAI Blog (em inglês)

Inteligência ArtificalChatGPTOpenAI
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.