Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A Epic Games, desenvolvedora do Fortnite, demitiu ontem (28.set) 16% da sua força total de trabalho, cerca de 830 funcionários.

Em um memorando interno enviado aos funcionários, o fundador da empresa, Tim Sweeney, explicou que a empresa anda gastando muito dinheiro.

“Há algum tempo, estamos gastando muito mais dinheiro do que ganhamos, investindo na próxima evolução da Epic e desenvolvendo o Fortnite como um ecossistema inspirado no metaverso para criadores. Há muito tempo eu estava otimista que poderíamos passar por essa transição sem demissões, mas, em retrospectiva, vejo que isso era irrealista.”, escreveu Sweeney.

Os funcionários afetados pela demissão em massa receberão seis meses de indenização e plano de saúde, além de aquisição acelerada de ações da empresa.

Texto Sofia Schurig
Edição Alexandre Orrico
DemissõesEpic Games
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.