Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Viralizou nesta semana um vídeo do pastor André Valadão colocando palavras na boca de Deus e estimulando fiéis a tomar atitudes potencialmente violentas contra a população LGBTQIA+: "Se eu pudesse eu matava tudo e começava tudo de novo. Mas já prometi pra mim mesmo que eu não posso, então agora tá com vocês", disse o líder religioso, como se as palavras fossem do próprio Criador.

@foryoulgbtqiapn #andrevaladao #fy #naohomofobia #gays ♬ som original - FORYOULGBTQIAPN+

O advogado Thiago Amparo disse que o pastor deveria ser preso.

Para o jornalista Cesar Calejon, uma "teocracia miliciana" estaria se formando.

Em discurso na Câmara, o deputado federal Glauber Braga (Psol-RJ) disse que Valadão é um "bandidão" que "precisa ser devidamente responsabilizado".

O senador Fabiano Contarato (PT-ES) e a deputada federal Erika Hilton (Psol-SP) usaram suas redes para anunciar que entraram com pedidos de prisão contra o pastor.

O "Jornal da Band" exibiu a explicação de André Valadão que tentou dar sobre a fala em suas redes, e a reportagem terminou com um comentário da apresentadora Adriana Araújo: "Não tem explicação, não tem remendo possível para essa fala de André Valadão. O que ele fez, e repetiu, foi sugerir a morte de pessoas homossexuais. O que ele fez foi usar o nome de Deus para tentar incitar ódio e preconceito."

@andressahcatty A CASA CAIU ANDRÉ VALADÃO #fy ♬ som original - Andressah Catty

Twitter/XInstagramTikTok
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.