Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Como tudo que envolve o Bolsonaro, a tentativa de fraudar as carteiras de vacinação dele, de seus parentes e auxiliares foi tosca. Primeiramente, os dados falsos teriam sido inseridos em um computador com IP do Palácio do Planalto.

E, se não fosse o pessoal responsável pelo banco de dados do SUS, nada disso teria vindo à tona.

Havia suspeitas de fraude desde o vazamento de uma suposta carteira de vacinação do ex-presidente em janeiro de 2023. Os tweets abaixo são dessa época.

E parece que foi isso mesmo que aconteceu.

Literalmente, não é magia, é tecnologia. Viva a galera de dados! Viva o menino da TI!

Twitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.