PF acorda Bolsonaro cedinho e assunto domina o Twitter

A PF prendeu o ex-ajudante de ordens Mauro Cid e apreendeu os celulares do ex-presidente e de Michelle, em uma investigação de fraude em carteiras de vacinação

A Polícia Federal acordou o Jair Bolsonaro bem cedinho nesta quarta-feira (3.mai).

A Mônica Bergamo acordou a gente também, mas na base do caps lock.

Durante a operação, a PF apreendeu os celulares do ex-presidente e da Michelle. A suspeita é que as carteiras de vacinação dele, da ex-primeira-dama, da filha do casal, Laura, e de seus auxiliares teriam sido fraudadas "para burlar as restrições sanitárias vigentes imposta pelos poderes públicos (Brasil e Estados Unidos)" sobre a covid-19, segundo a PF.

Seis pessoas foram presas, incluindo o ex-ajudante de ordens do ex-presidente, Mauro Cid. Surpreendentemente, no caso dele, não foi pela polícia da moda.

Consta que o Bolsonaro não tá OK.

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, disse que o ex-presidente "é uma pessoa correta, íntegra, que melhorou o país e procurava sempre seguir a Lei" e provavelmente não conseguiu segurar a risada enquanto escrevia isso.

Termos jocosos sobre a operação ficaram entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.

Reprodução / Twitter

Mas o Bolsonaro não foi preso. Quem sabe amanhã?

Receba nossas newsletters e traga felicidade para sua vida.

Não perca nada: você vai receber as newsletters Garimpo (memes e atualidades), Polígono (curadoria de ciência nas redes sociais) e Prensadão (resumo semanal de tudo o que o Núcleo fez). É fácil de receber e fácil de gerenciar!
Show de bola! Verifique sua caixa de entrada e clique no link para confirmar sua inscrição.
Erro! Por favor, insira um endereço de email válido!