Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Bruno Araújo Pereira, indigenista da Funai, e o jornalista inglês Dom Philips estão desaparecidos na Amazônia. Eles estavam fazendo um trajeto entre a comunidade ribeirinha São Rafael e a cidade de Atalaia do Norte (AM).

Segundo O Globo, Pereira vinha recebendo ameaças por sua atuação contra invasores, pescadores, garimpeiros e madeireiros. Philips estava acompanhado dele para entrevistar uma equipe de vigilância indígena próxima ao Lago do Jaburu.

O desaparecimento foi noticiado pelo jornal inglês The Guardian, para o qual o jornalista escreve.

Segundo o jornalista Rubens Valente, na região onde Araújo e Philips desapareceram, há uma base da Funai que tem sofrido ataques a tiro de caçadores clandestinos desde 2018.

O Ministério Público Federal, a Polícia Federal e o Exército foram acionados para as buscas, segundo O Globo. O Guardian afirmou estar em contato com a embaixada do Reino Unido no Brasil e as autoridades locais.

Twitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.