Morte de influencer após lipo no joelho gera debate nas redes

"Um bando de macho dando lição de moral sobre pressão estética feminina quando em grande parte eles ajudam nisso."

A influenciadora Luana Andrade, 29, que participou do reality show "Power Couple Brasil" e era assistente de palco do "Domingo Legal", morreu nesta terça-feira (7.nov) depois de ter quatro paradas cardiorrespiratórias causadas por complicações em uma cirurgia de lipoaspiração nos joelhos.

Nos comentários sobre o caso deixados em perfis e sites de notícias, uma das expressões mais recorrentes foi "não precisava".

Algumas mulheres criticaram homens que se manifestaram sobre o assunto.

Como o surfista Gabriel Medina, que era amigo da Luana e postou um story no Instagram dando um conselho a "vocês mulheres".

Image
Reprodução / Instagram

A jornalista Julia Pitaluga chamou a fala de violenta e hipócrita.

"Não é culpa das mulheres", disse a escritora Renata Correa.

E, no mesmo dia, virou notícia o procedimento que a influenciadora Gkay fez para ficar com o "pescoço da Barbie".

Receba nossas newsletters e traga felicidade para sua vida.

Não perca nada: você vai receber as newsletters Garimpo (memes e atualidades), Polígono (curadoria de ciência nas redes sociais) e Prensadão (resumo semanal de tudo o que o Núcleo fez). É fácil de receber e fácil de gerenciar!
Show de bola! Verifique sua caixa de entrada e clique no link para confirmar sua inscrição.
Erro! Por favor, insira um endereço de email válido!