Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Entre quarta e quinta-feira (15-16.fev), três das principais torcidas organizadas de futebol de São Paulo publicaram comunicados oficiais no Instagram proibindo que seus membros se envolvam em atos de violência.

Até a manhã desta quinta, apenas a Gaviões da Fiel, que reúne apoiadores do Corinthians, não havia se manifestado sobre o assunto.

Mancha alvi Verde (Palmeiras)

Torcida Jovem (Santos)

Independente (São Paulo)

Circula nas redes que as notas são resultado de reuniões dos líderes das organizadas com o PCC (Primeiro Comando da Capital), que teria proibido brigas entre torcidas de futebol no estado de São Paulo.

O confronto entre integrantes da Mancha e da Gaviões, na semana passada, teria motivado a ordem da organização criminosa.

O UOL apurou que "áudios, textos e postagens atribuídos" ao PCC têm circulado entre membros das organizadas. "De acordo com um dos áudios, se houver brigas de torcida enquanto o 'salve' estiver em vigor, o líder que permitir a violência será punido com morte", relata a reportagem.

"Que doideira é o poder paralelo", "a bancada do PCC vem forte em 2026" e "tá fazendo mais que o governo" foram alguns dos comentários sobre a notícia no Twitter.

InstagramTwitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.