Modelos antigos de pen drive de Eduardo são auditáveis?

Filho de Bolsonaro está na Copa do Catar, mas não é mamata: ele levou na mala dispositivos USB com "vídeos em inglês explicando a situação do Brasil". Ah, tá! #NúcleoNaCopa

Receba de graça a newsletter Garimpo


O homem faz tudo! Casimiro, além de estar narrando jogos da Copa e de ter feito o gol do Brasil no jogo contra a Suíça, flagrou o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) curtindo a Copa do Mundo nos estádios climatizados do Catar.

Tudo isso enquanto, na frente dos quartéis, os patriotas comem rango azedo com pneumonia.

A baguncinha do filho do presidente pegou mal até entre alguns bolsonaristas.

Mas calma, cidadão de bem! Eduardo não está no Catar só pela curtição: aproveitando que "a Fifa tem mais membros que as Nações Unidas" e que "a imprensa inteira" está lá, ele levou pen drives com "vídeos em inglês explicando a situação do Brasil".

"Acabou a narrativa da esquerda", comemorou um veículo bolsonarista.

Eduardo postou nas redes sociais fotos de seus encontros com o emir do Catar, Tamim bin Hamad Al Thani, e com o presidente da Fifa, Gianni Infantino. Agora é esperar para ver o que esses dois colossos da democracia podem fazer a respeito da suposta fraude nas urnas brasileiras!

Márcio França, ex-governador de São Paulo, aproveitou a história para rebater as acusações de que é cringe.

E nós ficamos no aguardo da auditoria dos pen drives, Eduardo. Será que esses modelos antigos são confiáveis? Cadê o código-fonte? Não era melhor ter levado um relatório impresso?

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca