Cada um com seus problemas, mas os da Finlândia são mais suaves

"Uma primeira-ministra tem o direito de festejar?"

POV: Onde você mora não houve 700 mil vítimas de covid-19, não há 33 milhões de pessoas passando fome e o presidente da República não ameaça dar um golpe caso perca as eleições: o grande problema do seu país é... um vídeo da primeira-ministra dançando.

É o que está acontecendo na Finlândia. No último dia 17, vazou um vídeo da primeira-ministra, Sanna Marin, 36, com amigos numa festa.

"A primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin, está nas manchetes depois de um vídeo dela festejando vazado hoje. Ela já havia sido criticada por ir a muitos festivais de música e por passar muito tempo festejando em vez de governando. Críticos dizem tratar-se de uma atitude inadequada para uma primeira-ministra."

A oposição exigiu que a mandatária fizesse um exame toxicológico. Ela o fez, mas nenhuma substância ilegal foi encontrada: Sanna só tinha bebido álcool.

Ainda assim, em um discurso, a primeira-ministra pediu desculpas pelo vídeo e por uma outra foto que vazou depois, assim descrita pela agência de notícias EFE:

"A foto, postada no portal TikTok, mostra duas jovens mulheres se beijando na boca e escondendo os seios com uma placa com o nome do país em um local que parece ser o que Marin usa em algumas entrevistas coletivas oficiais."

Finlândia, quer trocar os seus problemas pelos nossos? A gente topa até dividir fronteira com a Rússia durante a guerra com a Ucrânia.

"Finlândia pergunta: Uma primeira-ministra tem o direito de festejar?"

Receba nossas newsletters e traga felicidade para sua vida.

Não perca nada: você vai receber as newsletters Garimpo (memes e atualidades), Polígono (curadoria de ciência nas redes sociais) e Prensadão (resumo semanal de tudo o que o Núcleo fez). É fácil de receber e fácil de gerenciar!
Show de bola! Verifique sua caixa de entrada e clique no link para confirmar sua inscrição.
Erro! Por favor, insira um endereço de email válido!