Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Um anúncio de revista da marca de roupas Reserva viralizou nesta sexta-feira (14.abr). E não porque o pessoal achou que merecia um Cannes, mêoooo, muito pelo contrário.

A ideia da campanha é tão simples quanto equivocada: as páginas da esquerda mostram os animais baleia, galinha, macaco e veado, enquanto as da direita mostram pessoas que teriam sido comparadas com esses animais, mas que são... pessoas. Dá uma olhada:

O menor equívoco foi chamar de baleia a orca, que na verdade é um tipo de golfinho (eu também não sabia!).

Como será que foram as sessões de brainstorming que levaram a isso? As reuniões na agência de publicidade? O departamento do "vai dar merda" não falou nada?

Começaram a encher os comentários dos posts recentes da Reserva no Instagram com críticas. A empresa respondeu que o anúncio é de 2015 e que pediu desculpas na época:

"Aquela era uma campanha de 2015, nos desculpamos e retratamos na mesma época. Ela foi resgatada e divulgada como se fosse atual, portanto, da mesma forma, nos desculpamos a quem possamos ter ofendido. Naquela ocasião aprendemos com o erro e evoluímos tanto como cidadãos como profissionais ao longo desses quase 10 anos. Esta campanha não reflete nosso posicionamento que possui como premissa principal a empatia e o respeito com todas as pessoas. Acreditamos e continuaremos trabalhando para construir uma sociedade mais justa, equitativa e acolhedora através de nossos negócios e iniciativas."

Isso, no entanto, não livrou o autor da campanha de também ser comparado a um animal.

Mas o verdadeiro autor da obra foi finalmente revelado:

TikTokTwitter/XInstagram
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.