Após matéria do Núcleo, Meta derruba sete grupos de exploração sexual infantil

A remoção foi confirmada pela empresa em nota enviada por meio da assessoria de imprensa

A Meta derrubou sete grupos de exploração e abuso sexual infantil que estavam no Facebook após a reportagem do Núcleo, escrita e apurada pela nossa repórter Laís Martins.

Laís enviou à empresa os grupos que encontrou e, na véspera da publicação, os sete grupos já haviam sido excluídos –alguns que estavam em operação há anos.

A remoção foi confirmada pela empresa em nota enviada por meio da assessoria de imprensa.

"Removemos os grupos apontados pela reportagem do Núcleo", informou a Meta em nota por email.

"Não permitimos que nossas plataformas sejam usadas para colocar crianças em perigo. Nossos esforços para combater a exploração infantil se concentram na prevenção de abusos, detecção e denúncia de conteúdos que violam nossas políticas e também no trabalho com especialistas e autoridades para manter as crianças seguras."

Veja aqui nossa matéria:

Grupos de exploração sexual infantil perduram no Facebook
Empresa diz que combater pornografia infantil é prioridade, mas grupos públicos em português podem ser facilmente encontrados na plataforma

E aqui outros exemplos do impacto do jornalismo do Núcleo.


Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca