Com motociatas, bolsonarismo tenta se apropriar de rolezinhos de motoboys e entregadores

Organizado pelas redes de forma agressiva, com táticas que incluem cooptação de lideranças, bolsonarismo tenta ganhar em cima de fenômeno cultural espontâneo da categoria

Publicado em 27/05/2021 06:01

Arquivado em reportagem

Conteúdo modificado após publicação (detalhes no fim da página)

Palavras: 1631 · Leitura: 6 min


Allan Santos/PR (Agência Brasil) | Intervenção de Rodolfo Almeida