Ativistas criam campanha para pressionar Twitter por regras contra desinformação de covid-19

Em resposta, a rede social afirmou que excluiu 7 (sete) posts irregulares por hora em 2021.

Tem aumentado a pressão contra o Twitter para que a plataforma tome medidas mais enérgicas para fazer valerem suas regras contra desinformação relacionada à pandemia de covid-19.

Nove perfis ativistas na rede, como o Sleeping Giants Brasil (@slpng_giants_pt) e o Tesoureiros do Jair (@tesoureiros), lançaram no domingo (16.jan) a campanha #FakeNewsMata, que pretende angariar assinaturas de usuários insatisfeitos com o Twitter e enviar o abaixo-assinado a executivos da empresa na sede, nos Estados Unidos, e no Brasil.

Nos últimos dias, o Twitter suspendeu as contas de dois notórios negacionistas da pandemia, o empresário Luciano Hang e o pastor Silas Malafaia, após eles compartilharem mentiras relacionadas à vacinação de crianças.

À BBC Brasil, o Twitter afirmou que, em 2021, removeu 63.876 posts amparado pelas regras contra desinformação da covid-19, cerca de 7 por hora. Segundo estimativas de terceiros (a empresa não libera números oficiais), o Twitter veicula cerca de 20 milhões de posts por hora.

Via BBC Brasil, #FakeNewsMata.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca