Como piratas lucraram com a final do Mundial de Clubes via YouTube

"Gato" de transmissão da Band chegou a ter 60 mil espectadores simultâneos

No sábado (12.fev) foi possível assistir a trechos ao vivo da final do Mundial de Clubes entre Chelsea e Palmeiras (2x1 pros britânicos) no YouTube, atraindo dezenas de milhares de pessoas, embora a plataforma de vídeos não tivesse parceiros com direito de transmissão.

Isso só foi possível porque algumas pessoas viram uma oportunidade de negócios (ou golpe).

Funciona assim: uma pessoal com algum conhecimento técnico plugou a transmissão ao vivo da Band (que transmitia na TV e no site) no live stream de um canal do YouTube e deixou a imagem da partida na diagonal, pedindo PIX (em geral R$10 ou R$15) para quem quisesse ver com a imagem bonitinha, em tela cheia (não chegamos a pagar pra ver).

Em um dos links, cerca de 60 mil pessoas assistiam à transmissão.

Como uma das coisas mais importantes para o YouTube são direitos autorais, eventualmente esses canais eram suspensos, mas logo após novos canais (pré-criados) já estavam de pé com o mesmo conteúdo.

Às vezes, no meio da transmissão, a pessoa por trás desse gatoTube interrompia o áudio da partida para convocar o espectador a pagar ou acessar seu código promocional do Kwai.

Texto Sérgio Spagnuolo
Edição Alexandre Orrico


Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca