Telegram cumpre decisão do STF, mas Allan dos Santos tem canal reserva e ironiza Moraes

Blogueiro bolsonarista suspenso por ordem de Alexandre de Moraes tem canal reserva com 22 mil inscritos

Numa resposta inédita à solicação da justiça brasileira, o Telegram derrumou o canal principal do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos (com mais de 120 mil inscritos), após decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes.

A informação saiu no site do STF, e leia aqui uma matéria mais completa na Folha de S.Paulo.

"Em respeito à decisão judicial proferida pelo ministro Alexandre de Moraes nos autos da Petição (PET) 9935, o Telegram suspendeu três contas atribuídas a um dos investigados pela suspeita de liderar esquema de financiamento de milícias digitais no Brasil", disse o gabinete de Moraes em nota.

O blogueiro, no entanto, tem um canal reserva ainda ar que ele mesmo anunciou em seu canal principal, que já tem mais de 22 mil inscritos até o início da tarde deste domingo.

Ele, inclusive, publicou um vídeo nesse canal ironizando Alexandre de Moraes. "Vem me pegar", diz ele, que está nos EUA num evento da direita norte-americana.

Telegram pode ser bloqueado se não suspender canal de blogueiro bolsonarista
Até a manhã de 26.fev o canal de Allan dos Santos continuava ativo, com quase 128 mil inscritos

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca