Facebook está criando formato de anúncio que não usa dados dos usuários, diz site

Pensado para grandes marcas, o “Anúncios básicos” pretende aplacar reguladores e a opinião pública.

De acordo com duas agências de publicidade ouvidas pelo Insider, a Meta está desenvolvendo um formato de anúncio focado em privacidade para o Facebook. O trabalho ainda está em estágios iniciais.

COMO ASSIM? Chamado internamente de “Anúncios básicos”, o novo formato não usaria o baú de dados pessoais que a Meta tem de seus usuários para determinar onde os anúncios são veiculados.

O formato seria direcionado a grandes marcas que querem chamar a atenção e moldar a percepção dos seus produtos e serviços. Além disso, a mensuração dos resultados seria simplificada.

Uma das agências que conversou com o Insider, sob a condição de ser mantida anônima, disse que os Anúncios básicos mostram métricas simples, como engajamento e total de visualizações de vídeos.

POR QUÊ? A principal motivação da Meta para desenvolver um produto contrário a toda a sua oferta atual é aplacar reguladores e a opinião pública.

Segundo uma reportagem de abril da Vice, o objetivo da Meta é lançar os Anúncios básicos na Europa, berço das grandes leis pró-privacidade — é de lá a GDPR — e com governos mais sensíveis à questão. Só depois o formato seria lançado nos Estados Unidos.

Outra motivação é a dificuldade que a Apple vem impondo, em suas plataformas, a aplicativos que dependem da absorção de dados dos usuários para veicular anúncios segmentados.

Mark Zuckerberg, CEO da Meta, disse que a Transparência no Rastreamento em Apps (ATT, na sigla em inglês) terá um impacto de US$ 10 bilhões no faturamento da empresa em 2022.

VAI FUNCIONAR? David Coleman, vice-presidente da agência de publicidade Ocean Media, ouvido pelo Insider, acredita que será difícil os Anúncios básicos vingarem.

O problema, segundo David, é que anunciantes costumam investir em anúncios “às cegas” (sem segmentação) quando o conteúdo a que estão vinculados é mais premium, coisa que o Facebook não tem hoje.

Via Insider e Vice (ambos em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca