GTalk, o primeiro app de mensagens do Google, é descontinuado

Lançado em 2005, o GTalk não foi só o primeiro — foi também o melhor app de mensagens do Google.

Que o histórico de aplicativos de mensagens do Google é uma bagunça, não é novidade. Que o GTalk, o primeiríssimo (e o mais querido) desses apps, ainda estava ativo, isso sim é uma surpresa.

O QUE HOUVE? O Google avisa que o suporte ao GTalk em aplicativos de terceiros, como Pidgin, Trillian e Adium, será encerrado na próxima quinta-feira (16.jun).

O GTalk funciona(va?) no protocolo aberto XMPP, o que permitia acessá-lo e conversar com contatos de lá usando outros aplicativos que não o oficial do Google.

Se você está perto de tomar a quarta dose da vacina de covid-19, deve lembrar com afeto desta singela janelinha:

Janela de conversa quadradinha do GTalk, com a lista de contatos ao fundo, destacando o logo do GTalk (em beta).
Dê um desconto, não havia monitor Full HD naquela época. Imagem: ReviewStream/Reprodução.

MORREU, MAS PASSA BEM. Lançado em 2005 dentro do Gmail, o GTalk foi o primeiro bate-papo do Google. Era simples, leve e rápido, e desde o início oferecia chamadas de voz e vídeo — muito antes do Zoom existir.

O fim do suporte a aplicativos de terceiros é o último prego no caixão do GTalk.

O aplicativo oficial foi descontinuado em 2013, dando espaço ao Hangouts, aplicativo parte do Google+ (lembra desse?), sem suporte ao XMPP.

Em 2017, o GTalk foi encerrado, mas o Google manteve acesso via aplicativos de terceiros — pelo menos, até agora.

Demorou tanto para o GTalk dormir em paz que, agora, o Hangouts nem existe mais (acho). Em seu lugar, o Google agora recomenda o Google Chat, o aplicativo de mensagens do Google Workspace.

Via Google, blog do Google (2017), Wikipedia (todos em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário


Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.