Google pode abrir publicidade no YouTube para outras empresas, diz agência

Google tenta evitar uma multa na União Europeia de 10% do seu faturamento global.

Pressionado pela União Europeia, o Google está fazendo concessões em seu bilionário negócio de anúncios para escapar de multas pesadas que podem ser aplicadas pela UE.

O QUE ROLOU? De acordo com a agência Reuters, o Google ofereceu uma abertura inédita no YouTube para que rivais da publicidade possam intermediar anúncios na plataforma de vídeos.

A concessão seria uma forma de evitar que uma investigação antitruste da União Europeia das práticas comerciais do braço de publicidade do Google acabe em uma multa pesada.

MULTA. Segundo uma pessoa próxima à situação ouvida pela Reuters, a multa pode chegar a 10% do faturamento global anual do Google. Em 2021, o Google faturou US$ 147 bilhões com publicidade digital — é a empresa desse setor mais rentável do planeta.

COMO FUNCIONA. O Google obriga anunciantes a usarem suas prórias redes, Display & Video 360 e Google Ads, para veicular anúncios no YouTube.

A concessão sugerida à UE permitiria que rivais fizessem esse papel de intermediação entre anunciantes e canais no YouTube.

Apesar do ineditismo, as fontes ouvidas pela Reuters acreditam que a medida nào será suficiente para acalmar os ânimos no bloco europeu.

Via Reuters (em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário


Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca