Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O Instagram anunciou nesta quinta-feira (23.jun) a testagem de novos métodos de verificação de idade. O processo será baseado nos EUA, pedindo que usuários comprovem sua idade por seguidores mútuos e até mesmo usando uma inteligência artificial que estima sua idade.

Isso, diz a empresa, permitirá “proporcionar experiências adequadas à idade”.

NOVIDADES: Em um post no blog da comunidade, o Instagram anunciou as novidades em seus métodos de verificação de idade. Caso um usuário menor de 18 anos tente alterar sua data de nascimento para maior de 18 anos, a empresa exigirá uma das três formas de verificação:

  • Tirar uma foto ao lado de sua identidade;
  • Gravar um vídeo;
  • Pedir a seguidores mútuos que verifiquem sua idade, processo chamado “comprovante social”.

Na opção em vídeo, a verificação será feita em parceria com a empresa de tecnologia Yoti, especializada em criar algoritmos de verificação de idade. A empresa também diz ser especialista em criar programas que funcionam de forma anônima e garantem privacidade.

A opção de “comprovante social” permitirá a escolha de três seguidores mútuos para confirmarem a idade dos usuários. Ela levanta questionamentos sobre o que aconteceria quando um adolescente pedir seu “atestado” a amigos, algo que pode ser facilmente burlado.

PRIVACIDADE: Diversos trechos do post focam na garantia da privacidade. Por exemplo, o Instagram garante que as selfies em vídeo e imagens de documentos serão compartilhadas com a Yoti, e depois deletadas pelas empresas.

Ano passado, o escândalo do Facebook Papers, consórcio do qual o Núcleo faz parte, revelou que o Instagram era uma rede extremamente tóxica para adolescentes, em especial, meninas.

A crise publicitária impulsionou a Meta (empresa dona do Instagram) a criar ferramentas de verificação de idade, impedindo que menores de idade estejam na rede, e que adolescentes consumam conteúdo adulto.

Texto Sofia Schurig
Edição Julianna Granjeia
InstagramMeta
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.