Influenciadores no Instagram estão premiando seguidores para "hackear" algoritmo

Fenômeno foi identificado por pesquisadora da ECA-USP e prêmios vão de mimos a Pix.

O engajamento no Instagram chegou a uma nova fase, em que os seguidores atuam ativamente para ajudar influenciadores a “hackear” o algoritmo da plataforma e ganham prêmios em troca do trabalho voluntário.

A constatação é da Issaaf Karhawi, doutora e mestre em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), em artigo publicado no blog do DigiLabour, o laboratório da Unisinos que estuda as conexões entre mundo do trabalho e tecnologias digitais.

O QUE HOUVE? Issaaf identificou um novo fenômeno no Instagram: influenciadores que convidam seus seguidores a ajudarem na divulgação com a promessa de dar prêmios aos mais engajados.

Os prêmios podem ser um mimo relacionado à área de atuação (uma maquiagem para uma influenciadora de moda e beleza) ou mesmo um valor aleatório transferido via Pix.

A justificativa dos influenciadores que aderiram à prática é que o algoritmo do Instagram joga contra eles. Assim, instigar a base de seguidores para interagir com as publicações é uma forma de burlá-lo, ou “hackear o algoritmo”.

COMO FUNCIONA? Os convites são feitos por stories, um formato fechado a pessoas inscritas na plataforma e mais acessível aos seguidores. Com isso, os influenciadores atingem um público mais fiel e receptivo à ideia.

Esses seguidores curtem, repostam e enviam conteúdo via Direct (mensagem direta). Todas essas ações servem de sinais ao algoritmo do Instagram. Em outras palavras, elas indicam (ainda que artificialmente) que aquele conteúdo sendo compartilhado é digno de ser levado a mais e mais pessoas.

RECOMPENSA. Os influenciadores posicionam as campanhas para angariar ajudantes como uma troca — o prêmio dado ao seguidor mais engajado seria uma retribuição pela “atenção, apoio e gentileza”.

A escolha do agraciado não é aleatória, em sorteio. É alguém que o influenciador escolhe, tendo por critério o engajamento.

Issaaf explica o efeito potente que isso tem no imaginário dos seguidores:

Os seguidores se percebem como “indispensáveis” para a manutenção do trabalho dos influenciadores digitais que resulta no reforço de um senso de comunidade

MOTIVAÇÃO. O que motiva os influenciadores a adotar tal prática é manter seus números altos para se mostrarem atraentes a marcas, que investem neles para divulgar produtos e serviços — os famosos “publis”:

As campanhas de engajamento são desenhadas de acordo com o imaginário algorítmico dos influenciadores digitais. Por testes pessoais dentro da plataforma, por intuição e também por meio de “fofoca algorítmica” (Bishop, 2019), os influenciadores percebem que métricas de alto alcance estão diretamente relacionadas ao engajamento. Assim, o incentivo para que os seguidores interajam é uma forma de manter números elevados que permitam que novos públicos (e marcas) alcancem seu conteúdo.

O artigo de Issaaf Karhawi está disponível no blog do DigiLabour.

Via DigiLabour.

Post feito em parceria com o Manual do Usuário


Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca