Infeliz com as mudanças do Instagram? Paciência

A rede diz que vai continuar suportando fotos, mas a transição rumo a uma experiência similar à do TikTok não deve parar.

"Faça com que o Instagram volte a ser o Instagram (pare de tentar ser o TikTok, eu só quero ver fotos fofas dos meus amigos). Sinceramente, todo o mundo."

O texto acima é uma tradução livre de um post da fotógrafa e modelo Tati Bruening, que você deve já ter visto caso os seus amigos estejam cansados de ver no feed cada vez menos fotos e cada vez mais vídeos, além de recomendações de conteúdo de contas que não seguem.

Até a Kim Kardashian e a Kylie Jenner compartilharam o manifesto da Tati.

Depois desse auê todo, o Adam Mosseri, chefe do Instagram, publicou um vídeo comentando as mudanças que a rede vem sofrendo.

Estes são os pontos principais da fala dele:

  • O Instagram vai continuar suportando fotos, mas o foco em vídeo vai seguir aumentando, porque é isso que as pessoas mais estão publicando e compartilhando.
  • Alguns poucos usuários estão participando de um teste de feed em tela cheia, como no TikTok, mas esse novo modo ainda precisa de muitas melhorias antes de ser liberado para todos os usuários.
  • A empresa lamenta se as recomendações de conteúdo de contas que você não segue parecem ruins e diz que vai seguir tentando melhorá-las.

Então é isso: a transição lenta e gradual do Instagram rumo ao TikTok vai continuar. E, se você não está gostando... Bom, não tem muito o que fazer.


Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca