Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A Meta anunciou nesta quint-feira (11.ago.22) uma expansão nos testes de criptografia de ponta a ponta no Messenger. O timing do anúncio chamou a atenção.

O QUE HOUVE? O Messenger já permite conversas criptografadas de ponta a ponta, mas o recurso é opcional e precisa ser ativado.

No novo teste anunciado pela Meta, um grupo de usuários passará a ter conversas criptografadas de ponta a ponta por padrão.

O QUE MAIS? Além disso, a Meta também está testando um backup criptografado, chamado de “armazenamento seguro”, para permitir que, ao trocar de celular, por exemplo, o histórico de conversas seja migrado com segurança.

O anúncio oficial ainda cita alguns dos vários recursos presentes no Messenger que estão sendo migrados para o modelo com criptografia de ponta a ponta.

O TIMING. A expansão dos testes com criptografia de ponta a ponta chega dias após a Meta ceder às autoridades norte-americanas conversas (não criptografadas de ponta a ponta) no Messenger entre uma menor de 17 anos e sua mãe.

Elas foram processadas porque a menor abortou após a 20ª semana de gestação, o que é proibido no estado de Nebraska. As conversas do Messenger foram determinantes para o processo.

Em nota à Wired, um porta-voz da Meta garantiu que as duas notícias não têm relação:

“Isto [expansão dos testes] não é uma resposta a qualquer requerimento das autoridades. Tínhamos isso no cronograma há meses, mas o anúncio foi feito porque as equipes de produto do Messenger estao finalizando os testes que serão colocados em ambiente de produção. Esses testes começam [nesta quinta]. Queremos que as pessoas saibam dos testes a partir da gente, antes que elas vejam mudanças no aplicativo.”

Para especialistas, o caso de Nebraska reforça a necessidade de aplicativos de mensagens com criptografia de ponta a ponta.

O WhatsApp, da mesma empresa, funciona assim. Os outros aplicativos de mensagens da Meta, Messenger e Instagram, ainda não.

Em 2019, Mark Zuckerberg prometeu levar a criptografia de ponta a ponta aos dois aplicativos e tornar os três da Meta interoperáveis. Entraves técnicos e políticos têm dificultado o plano, porém.

Via Meta, Wired, Vice (todos em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

MetaFacebookManual do Usuário
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.