Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A tal atualização do Telegram que iria “revolucionar a maneira como as pessoas se expressam em aplicativos de mensagens” saiu e… bem, acho que Pavel Durov exagerou desta vez.

O QUE HOUVE? O grande chamariz da nova versão do Telegram, liberada nesta sexta-feira (12.ago.22), são os emojis animados.

Agora, o aplicativo aceita pacotes de emojis que substituem os padrões do sistema.

Usuários pagantes do Telegram Premium recebem dez pacotes de emojis animados. É, legal.

O QUE MAIS? Há novos emojis interativos, aqueles grandes que reagem a toques.

Uma novidade mais útil é opção de restringir quem pode enviar áudios a você. Pode ser todos (padrão), somente contatos ou ninguém. Esse recurso é restrito a usuários pagantes do Telegram Premium.

E A APPLE? Em seu canal no Telegram, o CEO Pavel Durov disse que após a cobertura da imprensa a respeito da lentidão da Apple em aprovar a atualização do aplicativo, foi contatado pela dona do iPhone.

O problema eram os novos emojis animados, que inicialmente substituíam os padrões do sistema.

É um movimento intrigante, o da Apple, porque os Telemojis trariam uma dimensão completamente nova aos emojis estáticos e de baixa resolução e enriqueceriam significativamente o ecossistema dela.

(Durov chama os emojis animados de Telemojis, mas o termo não aparece no comunicado oficial.)

Nó desfeito, vida que segue — “revolucionada” ou não pelos novos emojis do Telegram.

Via Telegram, @durov/Telegram (em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

TelegramAppleManual do Usuário
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.